Abraçar a mudança

dor de mudar

Muitas pessoas conformam-se na situação de ir indo, sobrevivendo, ou escondendo-se da sua dor, ou esperando meses ou anos a fio para que o tempo a apague…
No entanto, observo o que me parece uma perda de tempo de vida, vivida sem alegria ou com a falsa alegria da distração.

Distração? Como? É que em vez de enfrentarem tudo o que for possível enfrentar e investir nesse processo, distraem-se com as tricas dos outros, com compras, concertos, férias.. ou fazer muitas atividades. Nada disto é negativo em si. É até fantástico manter uma vida ativa e diversificada. mas quando se pergunta “como estás?”  está-se sempre “indo”, ou “bem” ou “fui de férias mas devia lá ter ficado”, nota-se uma falta de vivacidade e até de propósito em tanta atividade.

Há realmente assuntos de vida complexos. Nem sempre conseguimos ter capacidade de resolver tudo ou podemos mesmo intervir em algumas coisas. Mas podemos sempre mudar o que sentimos em relação a qualquer coisa. E isso muda tudo!

E se decididamente enfrentasse o dragão no seu armário?
O dragão desaparecia e toda a energia que gasta a mantê-lo preso serve para criar novas oportunidades e novas vidas.
Pode doer um pouco enfrentar as dores, mas com EFT, cada uma delas passa bem rápido. E fica livre para a vida.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s