Terapia EFT ou Tapping – equilíbrio emocional

(EFT – Técnica de Libertação Emocional) psicoterapia integral: corpo, mente, emoções e energia >>>>> liberte o que precisa de perder. ganhe o que mais deseja.

Para que serve o EFT?

Deixe um comentário

Tem um problema que tenta resolver há tempo demais?

Uma dor, stress, ansiedade, um trauma profundo e antigo? Quer deixar de fumar? Quer perder peso?

EFT é a resposta para si.

Veja neste artigo tudo aquilo em que pode usar EFT ou Método Tapping.

Anúncios

E se houvesse uma solução para mim?

1 Comentário

Gary Craig diz: “Use para tudo”.

“Talvez devesse ser um pouco mais modesto a este respeito, mas eu penso que EFT irá mudar o seu mundo dramaticamente. Eu sei que parece ser um bocado exagerado, mas esta técnica pode competir em importância com a Declaração da Independência. […]

Por independência entendo libertação de emoções negativas.

Isto é, a liberdade que lhe permite desabrochar e superar quaisquer obstáculos ocultos que impedem que tenha um desempenho de acordo com a sua capacidade.

Quero dizer também libertação de anos de baixa auto-estima… ou relutância… ou pesar pela perda de um ente amado… ou raiva… ou memórias negativas, envolvendo violação ou outras formas de abuso.

Quero também dizer liberdade para conseguir aquele aumento de rendimentos, fazer aquelas visitas de negócios, iniciar um novo negócio, melhorar seu handicap no golfe, perder aquele excesso de peso, relacionar-se com facilidade ou superar inibições para fazer discursos, ou ainda poder tornar-se um cantor ou comediante de palco.

Quero dizer libertar-se da ansiedade que o obriga a tomar aqueles comprimidos, beber aquela bebida alcoólica, fumar aqueles cigarros, ou assaltar o frigorífico à noite.

Quero também dizer liberdade para expressar amor com naturalidade, e sentir-se à vontade neste planeta, enfrentando os dias com ânimo e confiança.

Quero dizer libertar-se dos medos intensos… ou fobias… ou da ansiedade… ou ataque de pânico… ou transtorno de stress pós-traumático… ou dependências… ou depressão… ou sentimento de culpa… ou… ou… ou…”

Gary Craig – “Manual de EFT”

 

A aplicação intensiva* de EFT (ou Medo Tapping) proporciona melhoras, mais ou menos impressionantes numa grande variedade de problemas…

(* apesar haver resultados ou melhorias muitas vezes imediatos, para resolver assuntos mais profundos é necessário, como em tudo na vida, empenho, persistência e dedicação J)

Traumas emocionais graves: Eventos de infância, ou acontecimentos recentes, únicos ou recorrentes

Emoções não resolvidas: Raiva, ressentimento, tristeza, luto, ciúme, não sentir nada, bloqueio, depressão, medo, ansiedade, pânico, stress, baixa auto-estima, não merecimento, culpa, …

Stress pós-traumático: Em caso de um acidente grave, assalto, violação, ataque por um cão, guerra, …

Gestão diária do stress: O escritório, os filhos, a casa, o trânsito, relacionamentos, conflitos, …

Emoções positivas: Expressar as emoções de modo saudável, viver mais feliz, …

Situações comportamentais: Insónia, dislexia, gagez, gestão da raiva, relacionamentos, situações de divórcio, desejo de suicídio…

Falta de concentração: Desordem da atenção em crianças, dificuldade em terminar tarefas, adiar, …

Nervosismo em situação chave: Exames, apresentações, falar em público, …

Compulsões e obcessões: Síndrome obsessivo-complusivo, adições ou vícios: Fumar, álcool, drogas, comida, jogo…

Fobias: Andar de avião, baratas, pontes, claustrofobia, …

Dores físicas: Dores crónicas, enxaquecas, fibromialgia, acidentes, cirurgias, …

Doenças em geral: Trauma do diagnóstico, da recuperação e da vida futura, melhoria na doença. Asma, diabetes, hipertensão arterial, cancro, ….

Doenças terminais: Fazer a paz com a vida e com a morte

Mobilidade física: Ajuda na reabilitação e flexibilidade, melhoria da existente para desportistas, …

Alergias: Sensibilidades químicas e orgânicas

Objectivos  e performance: Perder peso, deixar de fumar, poupar, melhorar objectivos comerciais ou de performance profissional, …

Pré-mamã, mamã e bebé: Medo de perder o bebé ou doenças, luto, stress e ansiedade depois do nascimento, depressão pós parto, acalmar e tratar o bebé

Problemas com crianças e adolescentes: Qualquer idade, todas as situações, tristeza, depressão, ansiedade, dificuldade na escola, auto-estima, …

Breve história da criação de EFT

Deixe um comentário

EFT – Emotional Freedom Techniques (Técnicas de Libertação Emocional), foi desenvolvida em 1995 por Gary Craig, um engenheiro norte americano, dedicado ao desenvolvimento pessoal do ser humano e credenciado em PNL – Programação Neurolinguística.

Na sua busca para aliviar o ser humano das emoções e estados negativos, Gary Craig encontrou um psicólogo de nome Dr. Roger Callaghan, que actuava na área de medicinas alternativas, com Cinesiologia e Acupunctura e que havia descoberto e também ensinava, um método rápido mas muito complexo para eliminação emoções negativas, chamado Thought Field Terapy. Gary Craig aprendeu a técnica, e com o espírito prático de engenheiro, simplificou-a e num procedimento simples, fácil de aprender e aplicar por qualquer pessoa.

O EFT foi apresentado ao público em 1997, através workshops, uma série de vídeos e um manual gratuito online, que foi traduzido em várias línguas.

Desde então tem tido uma espiral de crescimento e expansão, principalmente nos EUA (onde a designação mais comum é Tapping) e Reino Unido e daí para o resto do mundo, suportada pela sua comprovada eficácia, simplicidade e rapidez de tratamento.