Terapia EFT ou Tapping – equilíbrio emocional

(EFT – Técnica de Libertação Emocional) psicoterapia integral: corpo, mente, emoções e energia >>>>> liberte o que precisa de perder. ganhe o que mais deseja.

afinal o que é EFT?

Uma breve introdução

EFT – Emotional Freedom Techniques (Técnicas de Libertação Emocional), foi condensada em 1995 por Gary Craig, um engenheiro norte americano, dedicado ao desenvolvimento pessoal e ao alívio dos estado psicológicos negativos.

O EFT é um melhoramento de uma técnica, Thought Field Therapy, desenvolvida anteriormente por Dr. Roger Callaghan. É baseada na combinação de uma tradição milenar — os meridianos energéticos — da Medicina Tradicional Chinesa, Cinesiologia e PNL-Programação Neurolinguística.

A evolução que Gary Craig fez está relacionada com a simplificação e a criação de um procedimento fácil de aprender, simples e rápido de aplicar, e com resultados excelentes — para ser auto-aplicado por todas as pessoas.

A afirmação de descoberta

O EFT tem um principio básico e fundamental:

“TODAS AS EMOÇÕES NEGATIVAS SÃO CAUSADAS POR UMA INTERRUPÇÃO NO FLUXO ENERGÉTICO DO CORPO”

E um corolário:

“EMOÇÕES NEGATIVAS NÃO RESOLVIDAS SÃO O MAIOR CONTRIBUTO PARA A DOR FÍSICA E DOENÇA”

Um pensamento negativo causa um “curto-circuito” no sistema energético que causa uma resposta física ou emocional correspondente

O resultado é uma marca ou mau funcionamento permanente.

Com EFT actuamos sobre o ponto 2, e neutralizamos a emoção negativa.

Técnica simples

A técnica consiste na aplicação de estímulos — leves batidas — em alguns pontos dos meridianos de acupunctura, enquanto se foca a atenção no assunto a tratar, objectivando o desbloqueio desses canais de energias, equilibrando o sistema energético do corpo, removendo crenças, emoções e traumas de toda ordem, que impedem o livre fluxo da energia, multiplicando em muitas vezes a possibilidade de cura das pessoas.

Use em tudo

EFT contraria praticamente todas as crenças relacionadas com psicologia e curas emocionais. Sua aplicação é ilimitada, Gary Craig incita a que utilizemos para tudo, tanto problemas físicos como emocionais.

Veja neste artigo uma lista das possibilidades.

A importância das emoções

Como é possível utilizar o EFT sem tudo? O EFT dirige-se à estrutura emocional do individuo. As emoções impactam todas a áreas da vida, quando lidamos com assuntos ou emoções conflituosas bloqueados temos de lidar com as várias emoções que estão ligadas a esse assunto. Ao fazê-lo o corpo liberta-se de uma tensão e sentimos um alivio e uma melhora tanto a nível emocional como físico. Com EFT dirigimo-nos ao cerne da questão, onde criamos e guardamos a emoção negativa, que é o sistema energético. Por isso é que podemos usar em medo, ansiedade, relacionamentos, culpa, raiva, ou no que quer que seja.

Novas pesquisas referem que a amígdala, uma pequena parte do cérebro, e uma espécie de central de alarme, de despoleta reacções de cada vez que pensamos num assunto. Com EFT fazemos um recondicionamento e programação do cérebro e do corpo ao modo como reagimos a um problema.

Portanto, em vez de tentar desfazer o pensamento ou memória de alguma forma, (o que milhões de pessoas já tentaram por muitos anos em terapia com resultados bastante imprevisíveis), o EFT intervêm directamente na interrupção da energia. Quando esta interrupção ou bloqueio é retirado, a pessoa experimenta uma libertação da dor ou das emoções negativas ligadas à memória ou pensamento original.

É muito simples ter uma experiência de EFT e verificar que funciona.

Persistência e compromisso

O EFT não é uma varinha mágica que vai resolver tudo de uma vez e sem trabalho nenhum.

Existe muita divulgação de casos “milagre num 1 minuto” mas a prática demonstra que é necessário na maior parte das vezes um trabalho mais empenhado.

Mesmo assim o que o que pensa da diferença entre umas semanas de trabalho em vez dos meses ou anos das terapias emocionais comuns?

O EFT implica uma responsabilidade e determinação pessoal sobre o nosso bem estar. Implica acção, que embora simples, fácil e apresentando resultados rápidos, implica um compromisso em persistir na prática e de dirigir-se aos vários assuntos em separado.

Livre de efeitos secundários negativos

O bom senso sugere que não se deve temer efeitos secundários com a EFT.

Isto porque:

. não há procedimentos cirúrgicos

. não há agulhas

. não há comprimidos ou remédios

. não há forças exercidas sobre o corpo

A EFT não apresenta contra-indicações, nem efeitos colaterais negativos.

Claro, que há uma descarga emocional, que é útil para libertar o bloqueio emocional (choro ou gritos são comuns e esperados). No entanto, há técnicas de visualização e condução da sequência que impedem a imersão e reviver o acontecimento traumático.

Responsabilidade Pessoal

O EFT pode ser usado para tudo o que entender. É uma técnica suave e que é partilhada para aplicar em si próprio sempre que quiser. Dito isto, seja responsável por si.

Apesar de não haver efeitos secundários negativos, se estiver em causa um assunto traumático ou que possa provocar uma reacção exagerada, casos de doenças mentais profundas ou outras doenças graves, é melhor pedir a ajuda de alguém com experiência e que possa ajudar. Não vá para além das suas capacidades, segundo Gary Craig.

Anúncios

One thought on “afinal o que é EFT?

  1. Pingback: Você sabe o que é EFT (técnica de liberação Emocional)? – Recomeçar – Inteligência Emocional = EFT

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s